pessoas boas e más

Postado em Atualizado em

Porque algumas pessoas más desfrutam enquanto algumas boas sofrem

Alguns perguntam: ‘Se o bem gera o bem e o mal geral o mal, porque tantas pessoas boas sofrem e algumas pessoas más prosperam neste mundo?’ A resposta para essa questão, de acordo com o ponto de vista buddhista, é de que embora alguns sejam bons por natureza, eles não acumularam suficientes bons méritos em seu nascimento prévio a fim de compensar os maus efeitos nesta vida presente do kamma insalubre; em algum lugar em seu passado deve ter havido alguma deficiência. Por outro lado, alguns são maus por natureza e ainda são capazes de desfrutar esta vida por um curto período devido a algum forte kamma bom que acumularam em um nascimento prévio.

Por exemplo, há certas pessoas que por natureza herdaram uma constituição forte e como resultado desfrutam de saúde perfeita. Seu poder físico de resistência é forte e daí não serem suscetíveis à doença. Embora não tomem qualquer precaução em levar uma vida higiênica, são capazes de permanecerem fortes e saudáveis. Por outro lado, há outros que tomam vários tônicos e vitaminas – alimentos enriquecidos a fim de se fortificarem, mas apesar de seus esforços em se tornarem fortes e saudáveis, sua saúde não mostra qualquer melhoria.

Genericamente falando, quaisquer ações boas e más que as pessoas cometam neste período de vida, definitivamente experimentarão a reação nesta vida ou na próxima. É impossível escapar dos resultados meramente rezando, mas somente por meio do cultivo da mente e seguindo uma vida nobre.

Isso não quer dizer que tudo que sofremos ou desfrutamos hoje é completamente controlado por nossas ações passadas, aquilo que chamamos de kamma. O Buddha diz que se isso fosse assim, então não haveria propósito em viver uma vida moral, pois seríamos simples vítimas do passado. Os buddhistas afirmam que, embora nossas vidas tenham sido condicionadas no passado, está completamente dentro de nós a mudança de tal condição e a criação de nosso bem-estar futuro e presente. Os buddhistas não aceitam a predestinação ou o fatalismo como única explanação possível para a condição humana.

Os buddhistas são encorajados a realizar boas ações não para obter um lugar no céu. Deles é esperado fazer o bem de maneira a erradicar o egoísmo e experienciar a paz e a felicidade em cada momento presente. Quando cada momento presente é cuidadosamente controlado, o futuro bem-estar é assegurado.

Ele para o qual não há nem esta margem nem a outra morgem, nem mesmo ambas, ele que é livre das preocupações e livre dos grilhões, ele eu chamo de um homem santo’. Dhammapada 385

4 comentários em “pessoas boas e más

    Índice « No Que Os Buddhistas Acreditam disse:
    28 setembro, 2010 às 10:29 am

    […] Pessoas boas e más […]

    giovannicapitani disse:
    15 outubro, 2015 às 11:58 am

    Republicou isso em Tranquila Mente.

    pessoas boas e más | Universo Consciência disse:
    29 outubro, 2015 às 9:54 am

    […] Fonte: pessoas boas e más […]

    […] Pessoas boas e más […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s