Sobre este livro

O Autor

dhammananda.jpg

K. Sri Dhammananda foi um dos mais importantes monges buddhistas atuando no extremo do sudeste asiático. É difícil descrever o impacto e significado do Ven. Dhammananda na vida buddhista da Malásia e Cingapura. Respeitado igualmente pelas comunidades Theravada, Mahayana e civil, o “Chefe”, como era conhecido, efetivamente dominou o cenário buddhista das últimas décadas. Suas obras educacionais, sociais, comunitárias, literárias (70 livros publicados) fizeram de K. Sri Dhammananda um ícone do Buddhismo da Malásia, país que escolheu para viver.

Nascido no Sri Lanka em 18 de março de 1919, aos 12 foi ordenado como noviço, recebendo o nome de Dhammananda (“Bênção do Dhamma”). Diplomou-se no Vidyalankara Pirivena College de Colombo, aos 26 anos, em pali, sânskrito, filosofia buddhista e cânon pali, e mestrado em filosofia buddhista na Benares Hindu University.

K. Sri Dhammananda chegou no Buddhist Vihara em Brickfields, Kuala Lumpur (capital da Malásia), em 1952, e 10 anos depois fundou a Buddhist Missionary Society (BMS). Escreveu cerca de 70 livros, os quais foram traduzidos em mais de 17 línguas. Em 1965, o Ven. K. Sri Dhammananda foi indicado como Chefe Supremo da Sangha da Malásia e Cingapura.

K. Sri Dhammananda morreu em 31 de agosto de 2006, e, como tributo, ofereço a tradução de um de seus livros mais famosos aqui: “”No Que Os Buddhistas Acreditam”.

The Dharma of no language, escrito por Kooi Fong Lim pode ser lido por aqueles que queiram conhecer um pouco mais sobre sua vida, além do site dedicado a ele.

Pela iniciativa de Oon Yeoh, Lim Kooi Fong, Zan Azlee, Lee Yu Ban e Wan Chun Hung, um documentário em video foi produzido sobre sua vida: “Webcast of Chief: The Life and Work of K Sri Dhammnanda”. O documentário foi exibido recentemente no 2006 Wesak International Film Festival (WIFF) e pode agora ser visto online.

Fotos da cerimônia fúnebre foram colocadas por Jeff Ooi, em Sombre yet fulfilling e My Reverend (1919 – 2006); uma excelente cobertura fotográfica foi feita por Bugstan e Oon Yeoh (em Chief´s funeral e Cremation), o qual também escreveu o seguinte no jornal Today de Cingapura:

Buddhist icon Dhammananda dies at 87

Oon Yeoh
news@newstoday.com.sg

KUALA LUMPUR — Leading Buddhist leader K Sri Dhammananda died yesterday in hospital after a long illness.

The 87-year-old monk, who was popularly referred to as “Chief”, had been critically ill for the past six weeks after suffering from a stroke. Last week he was flown back to Kuala Lumpur after spending three weeks at the Mount Elizabeth Hospital in Singapore. He suffered a second stroke shortly after returning from Singapore and has been slipping in and out of consciousness since then. A leading figure in the Buddhist community in Malaysia and Singapore, the monk arrived in Malaysia in 1952 from Sri Lanka (then known as Ceylon) to help tend to the spiritual needs of the Sinhalese community in Kuala Lumpur. Shortly after his arrival he was summoned by the High Commissioner to Malaya, Sir Gerald Templer, who asked him to teach Buddhism among the Chinese communities in the new villages set up to help check the spread of Communism.

Thus began his missionary work, lasting over half a century, which eventually spread throughout Malaysia and later, Singapore as well. He was the Chief Monk of the famous Maha Vihara Temple in Kuala Lumpur and is technically the head of the Theravada denomination in Malaysia and Singapore. In Buddhism there are two main denominations: Theravada and Mahayana. “He’s such a towering figure in the Buddhist community here that he’s widely referred to as the ‘Chief’ by everyone regardless of which denomination they belong to,” says Mr Charlie Chia, 51, a veteran Buddhist teacher.

“In Malaysia, there is only one icon for Buddhism, and that’s the Chief,” says Mr Lim Kooi Fong, founder of the Buddhist Channel, a non-denominational website. “Being that Malaysia is his adopted home, perhaps it’s significant that he died on independence day.”


O Livro wbb.jpg
“No Que os Buddhistas Acreditam” já foi traduzido em mais de 17 línguas com milhões de cópias distribuídas, e sua linguagem simples e direta já ajudou milhares de pessoas a se aproximar dos ensinamentos do Buddha. Seu conteúdo cobre quase todos os aspectos do Buddhismo, numa linguagem clara e precisa que chama a atenção tanto do leitor casual quanto do estudante intelectual do Dhamma.


O Tradutorsasaki.jpg

Ricardo Sasaki (Dhanapala) é diretor-fundador da Comunidade Buddhista Nalanda – uma comunidade de praticantes voltados para os ensinamentos originais do Buddha. Atua como psicólogo clínico e é autor e tradutor de diversos livros:

“Na última vez que visitei a Malásia (1999), tive a oportunidade de conhecer e conviver alguns dias com K. Sri Dhammananda em seu templo, o Buddhist Maha Vihara de Kuala Lumpur. O belo templo no estilo do Sri Lanka, seu país natal, é sustentado pela comunidade cingalesa e pela grande comunidade chinesa e, na época, era palco da reunião anual de jovens buddhistas. O trabalho com as crianças e jovens foi uma de suas bem sucedidas iniciativas, e como era bom ver jovens buddhistas de 8 a 20 anos se divertindo juntos (karaokes, teatro, brincadeiras) ao mesmo tempo que estudando o Dhamma através de palestras, discussões e atividades criativas. K. Sri Dhammananda não incentivava nada particularmente Theravada ou Mahayana; seu era um buddhismo universal, que tocava jovens e velhos, chineses, malaios e cingaleses. Ele levantava três dedos para cima e dizia que representavam os três ‘P’s: pariyatti (o aprendizado do Dhamma), patipatti (sua prática) e pativedha (penetrá-lo e realizar seu objetivo). ‘Se pudermos todos fazer essas três coisas, então não precisaremos ser conhecidos como Theravada, Mahayana ou Vajrayana. Todos esses ‘yanas’ são feitos pelo homem. O Dharma da não linguagem no final das contas, é entendido por todos os seres, não importando as escolas e tradições’.

Enquanto o encontro dos jovens se dava (o que durava uma semana no período das férias escolares), o “Chefe” já se encontrava doente. Num dos dias de minha estadia, ele foi levado ao hospital. Passei cerca de uma hora em seu quarto de hospital, juntamente com outros monges e discípulos laicos, entre conversas sobre o Dhamma, risadas e veladas preocupações por sua saúde. Por que era conhecido como “o Chefe”? Todas as escolas buddhistas o respeitavam e o consideravam sob sua influência e proteção. Seu porte avantajado, sua voz poderosa e sorriso sempre presente irradiavam uma serena autoridade que em breve se espalhou por todo o Buddhismo do sudeste asiático, particularmente da Malásia e Cingapura.

Que por essa tradução e oferta muitos seres se beneficiem!”


16 comentários em “Sobre este livro

    Edrich Schmidt disse:
    27 abril, 2008 às 1:53 am

    Pelos trechos disponíveis do referido livro que tive o previlégio e boa sorte de ler através do site, expresso aqui meu sincero agradecimento e contentamento. Ademais, gostaria muito de saber como poderia adquirir um exemplar do mesmo, já que não encontrei referências a este respeito. Obrigado!

    Júnior disse:
    14 julho, 2008 às 11:59 am

    Cheguei hoje aqui. Me interessei muito pela obra “No Que os Budistas Acreditam”. Como posso conseguir os capítulos iniciais até o de número 10 em diante que já se encontram disponibilizados aqui, para fazer gradualmente o download de toda a obra?
    Grato pela resposta,
    Júnior.

    Buddhistv Administrator disse:
    9 outubro, 2008 às 5:03 pm

    Hi,

    BuddhisTV.com is a community of Buddhist who are looking to share, learn, and contribute. Its is a video-sharing social network portal where users can explore their faith in Buddhism. The Buddhist video sharing community portal is a platform created for all Buddhist (individual, temple and organization ) to share their video (talk, chanting, event, Buddhist music, etc) with the Buddhist community. All temple and organization can create their own on-line group in this website with members around the world. Buddhist can learn the Dhamma in their home through the video talk by monks, nuns and others. They can see how other temple celebrate their event and even share their creativity with Buddhist songs, music and video recordings. They can also create their own community tag to let more people know about them. We hope this video sharing community website , will change how people learn Dhamma in the future.

    With Metta,

    Buddhistv Administrator

    João Leme disse:
    22 novembro, 2008 às 6:18 am

    Cheguei por acaso ao blog e o pouco do que li serviu para me despertar ainda mais o interesse pelo budismo, o qual venho buscado compreender há algum tempo, porém infelizmente sem um contato mais direto senão através de textos encontrados na Web.

    Gostaria muito de saber onde encontrar a obra!
    Desde já muito obrigado!

    dhanapala respondido:
    23 novembro, 2008 às 3:25 pm

    Olá Júnior e João Leme. A obra completa vocês encontram em inglês. Em português, é esperar completar a postagem nesse site mesmo… Obrigado pela visita!

    JP disse:
    26 janeiro, 2009 às 12:59 pm

    Primeiramente deixe-me agradecer pela tradução que tem feito do livro e toda a sabedoria quem tem partilhado. Muito obrigado.

    No entanto tenho pena que ainda falte tanto para a tradução estar completa e que leve tanto tempo entre um post e outro… Isto não é uma crítica, é de louvar o tempo disponibilizado na tradução do livro, no entanto deixo a sugestão de encontrar mais tradutores com a intenção de acelerar o trabalho desenvolvido.

    Mais uma vez muito obrigado pelo conhecimento partilhado.

    dhanapala respondido:
    28 janeiro, 2009 às 2:22 pm

    Olá JP! Obrigado pelas palavras de apoio! A questão é que são vários trabalhos paralelos em andamento, assim, mesmo com mais tradutores, ainda há as revisões. Vamos esperar então que a demora de um post para outro estimule a releitura!

    Daniel disse:
    29 julho, 2009 às 5:26 pm

    Acabei de chegar, gostei muito do que li até agora, gostaria de saber como faço para adquirir a obra completa……

    moysés baptista rodrigues filho disse:
    9 julho, 2010 às 3:30 pm

    Amigos,
    existe este livro editado em portugues ?

    dhanapala respondido:
    9 julho, 2010 às 3:36 pm

    Olá Moysés. Como respondido nessa mesma página: “A obra completa vocês encontram em inglês. Em português, é esperar completar a postagem nesse site mesmo… Obrigado pela visita!”

    Rodrigo Daien disse:
    7 setembro, 2012 às 12:33 pm

    Dei-me conta de que não agradeci pela tradução e divulgação destes preciosos ensinamentos. Muito obrigado. /\

    Ana Lucia disse:
    31 janeiro, 2013 às 9:36 am

    obrigada por mim, e por todos que tiveram ou terão a oportunidade de passar por aqui.
    distante, recolhida, silenciosa, andando por outras paisagens,mais
    não esquecendo de exercitar a gratidão a ofertas como essa que a vida nos oferece que só o tempo nos faz avaliar.
    ana

    Ronver disse:
    8 setembro, 2013 às 7:07 pm

    Muito grato e parabéns pelo seu trabalho, Dhanapala! Gratidão também ao nobre autor.
    Saudações,
    Ronver

    dhanapala respondido:
    10 setembro, 2013 às 11:03 am

    Obrigado pelas palavras e pela visita, Ronver!

    Euler disse:
    25 maio, 2014 às 7:42 pm

    olá onde posso comprar este livro completo pela internet?

    Salomao Farina disse:
    25 agosto, 2016 às 12:20 pm

    Bom dia, gostaria de adquirir o livro Tipitaka ( a Biblia budista ) que descreve as palavras e conhecimento do Sr. Shakyamuni.
    Sigo o budismo de Nitiren Daishonin, porem é muito importante conhecer toda a base do Budismo.

    Obrigado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s