Quem é um Bodhisatta?

Postado em Atualizado em

Um Bodhisatta é um ser dedicado à Iluminação

Como um ‘Ser Compassivo’, um Bodhisatta está destinado a atingir o Estado de Buddha e se tornar um futuro Buddha por meio do cultivo da mente.

De modo a obter a Suprema Iluminação, uma pessoa pratica virtudes transcendentais (paramis) destinadas à perfeição. Tais paramis são: generosidade, moralidade, renúncia, sabedoria, energia, paciência, veracidade, determinação, bondade amorosa e equanimidade. Ela cultiva tais paramis com compaixão e sabedoria, sem ser influenciada por motivos ou pretensões egoístas. A pessoa trabalha para o bem-estar e felicidade de todos os seres, buscando diminuir o sofrimento dos outros por meio de uma série de incontáveis vidas. Na jornada para a perfeição, ela é preparada para praticar essas virtudes, algumas vezes ao custo de sua própria vida.

Nas escrituras em pali, a designação de ‘Bodhisatta’ foi dada ao Príncipe Siddhattha antes da Sua Iluminação e às suas vidas anteriores. O próprio Buddha usou esse termo quando falava de Sua vida antes da Iluminação. De acordo com os textos pali não há menção do Estado de Buddha ser o único modo de atingir o objetivo final da benção do Nibbana. Era muito raro para um discípulo, durante a época do Buddha, renunciar à oportunidade de atingir o estado de santidade e, ao invés disso, declarar o Estado de Bodhisatta como sua aspiração. Entretanto, há alguns registros de alguns seguidores do Buddha de fato aspirarem se tornar Bodhisattas para atingir o ‘Estado de Buddha’.

Entretanto, na escola de pensamento Mahayana, o culto ao Bodhisatta possui um papel importante. O ideal Mahayana considera o Bodhisatta como um ser que, tendo se conduzido às margens do Nibbana, voluntariamente retarda a aquisição de seu prêmio de maneira que possa retornar ao mundo e tornar o Nibbana acessível aos outros. Ele deliberadamente escolhe retardar sua libertação em relação ao Samsara a fim de mostrar o caminho para que outros atinjam o Nibbana.

Apesar dos buddhistas theravada respeitarem os Bodhisattas, eles não os consideram como estando numa posição de iluminarem ou salvar outros seres antes de sua própria Iluminação. Bodhisattas não são, portanto, considerados como salvadores num sentido espiritual. De maneira a obter sua salvação final, todos os seres devem seguir o método prescrito pelo Buddha e seguir o exemplo dado por Ele. Devem também erradicar suas impurezas mentais e desenvolver todas as grandes virtudes: ninguém pode oferecer a eles a salvação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s