A necessidade de uma religião

Postado em Atualizado em

Para entender o real propósito da vida é aconselhável que alguém escolha e siga um sistema ético-moral que desencoraje as ações maléficas, encoraje o bem e possibilite a purificação da mente. Falando de forma simples, chamaremos esse sistema de ‘religião’.

Religião é uma expressão do esforço dos seres humanos: é sua maior fonte de poder, levando-os para frente na direção de sua autorealização. Isso tem o poder de transformar uma pessoa com características negativas em alguém com qualidades positivas. Transforma o ignóbil em nobre; o egoísta em altruísta; o orgulhoso em humilde; o soberbo em paciente; o cobiçoso em benevolente; o cruel em amável; o subjetivo em objetivo. Cada religião representa, ainda que imperfeitamente, um escalar de um nível mais alto de ser. Desde os tempos mais antigos, as religiões têm sido uma fonte de inspiração artística e cultural para a humanidade. Embora muitas formas de religião tenham aparecido no curso da história, somente para desaparecerem e serem esquecidas depois, cada uma em seu tempo contribuiu com algo para a soma total do progresso humano. O Cristianismo ajudou a civilizar o Ocidente e o enfraquecimento de sua influência marcou uma tendência descendente do espírito ocidental. O Buddhismo, que civilizou a maior parte do Oriente muito tempo antes, é ainda uma força vital; e nessa era de conhecimento científico provavelmente estenderá e fortalecerá sua influência. Em nenhum ponto entra em conflito com o conhecimento moderno, mas o engloba e o transcende de uma forma que nenhum outro sistema de pensamento já o fez ou provavelmente venha a fazer. O homem ocidental procura conquistar o universo para fins materiais. O Buddhismo e a filosofia oriental se esforçam para atingir a harmonia com a natureza ou aumentar a satisfação espiritual.

A religião ensina uma pessoa a acalmar os sentidos e tornar pacíficos o coração e a mente. O segredo para acalmar os sentidos é eliminar o desejo, que é a raiz de nossas perturbações. É muito importante para nós termos contentamento. Quanto mais as pessoas almejam por propriedade mais terão que sofrer. Propriedades não trazem felicidade. Muitas pessoas ricas no mundo estão hoje sofrendo de numerosos problemas físicos e mentais. Com todo o dinheiro que têm não conseguem comprar uma solução para seus problemas. Porém os mais pobres que aprenderam a ter contentamento podem desfrutar de suas vidas muito mais do que os ricos. Como um verso diz:

‘Alguns têm demais, mas ainda assim ambicionam,
Eu tenho pouco e nada mais busco;
Eles nada mais são do que pobres, ainda que muito tenham
E eu sou rico com pouco guardado.
Eles pobres, eu rico; eles imploram, eu dou;
Carentes eles, eu tenho; eles definham, eu vivo’.

4 comentários em “A necessidade de uma religião

    Claudia disse:
    18 abril, 2010 às 12:14 am

    Adorei esse artigo, gostaria de receber artigos no meu e-mail. Obrigada, Claudia.

    moysés baptista rodrigues filho disse:
    20 julho, 2010 às 10:13 am

    de fato, o problema principal do nosso tempo é que a nossa civilização se baseia no exagerado apego aos bens materiais, ao invés de almejar levar os homens a serem felizes. Por isso, nosso mundo vive uma crise sem precedentes. E é por isso também que muitas pessoas como eu vivem de acordo com um caminho espiritual, onde elas encontram verdadeira satisfação e paz.

    […] A necessidade de uma religião […]

    Marcelo disse:
    10 novembro, 2011 às 6:21 am

    Só não concordo quando diz que o Cristianismo ajudou a civilizar o ocidente. O que o Cristianismo fez foi impôr através da espada suas crenças aos povos que viviam na Europa na Idade Média.Queimaram livros,proibiram o contato de europeus com outras culturas,matavam aqueles que se opunham a Igreja.Na América fizeram a mesma coisa,destruindo templos religiosos dos Incas,Aztecas e Mayas. Obrigando os índios a se converterem ao catolicismo(América Latina)ou protestantismo(América Anglo Saxônica).Se fôssemos depender do Cristianismo para civilizar o ocidente,estaríamos vivendo na Idade Média até hoje. Impediram o desenvolvimento da ciência por quase 1000 anos. Se o ocidente hoje é desenvolvido e temos acesso a outras culturas,devemos isso aos ateus e maçônicos.Sem esquecer da contribuição dos muçulmanos que na época em que dominaram uma parte da Europa,levaram um pouco de conhecimento histórico para aquele povo que achava que o mundo sempre fora do mesmo jeito.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s