A moral buddhista é baseada na intenção ou volição

Postado em Atualizado em

Kamma é volição’, disse o Buddha. As ações em si não são consideradas nem boas nem más, ‘somente a intenção e o pensamento as tornam isso ou aquilo’. Ainda assim, a ética buddhista não diz que uma pessoa pode cometer ações que sejam convencionalmente consideradas como ‘pecados’, mesmo que feitos com a melhor das intenções. Se essa fosse sua posição, o Buddhismo estaria confinado a questões psicológicas e deixaria de lado os desinteressantes delineamentos de listas de regras éticas e códigos de conduta para os que se dedicam a ensinamentos menos emancipados. A conexão entre pensamentos e ações, entre ação mental e material é uma extensão do pensamento. Não é possível cometer um assassinato com um bom coração porque tirar a vida é simplesmente uma expressão externa de um estado mental dominado pela aversão, raiva, ódio ou desejo. As ações são condensações de pensamentos assim como a chuva é uma condensação do vapor. As ações proclamam do topo das ações somente aquilo já foi cometido nas câmaras silenciosas e secretas do coração.

Uma pessoa que comete um ato imoral declara, assim, que ele ou ela não está livre dos estados insalubres da mente. Da mesma forma, uma pessoa que possui uma mente purificada e radiante, que tem uma mente vazia de todos os pensamentos e sentimentos corrompidos, é incapaz de cometer ações imorais.

A ética buddhista também reconhece a objetividade dos valores morais. Em outras palavras, as consequências kármicas das ações ocorrem de acordo com a lei kármica natural, independentemente da atitude individual ou das atitudes sociais em relação ao ato. Por exemplo, a embriaguez tem consequências kármicas; é uma ação negativa pois promove a própria infelicidade tanto quanto a infelicidade dos outros. Os efeitos kármicos da embriaguez existem independentes daquilo que o bêbado ou a sociedade possam pensar a respeito do hábito de beber. As opiniões e atitudes prevalecentes não diminuem minimamente o fato de que a embriaguez seja objetivamente negativa. As consequências –psicológicas, sociais e kármicas – tornam as ações morais ou imorais – não importando as atitudes mentais daqueles que julgam o ato. Assim, ao mesmo tempo em que o relativismo ético é reconhecido, ele não é considerado como enfraquecedor da objetividade dos valores.

6 comentários em “A moral buddhista é baseada na intenção ou volição

    Greco disse:
    24 fevereiro, 2010 às 1:15 pm

    Mas, quem pode julgar que, por exemplo, a embriaguez em sim mesma é uma ação negativa?
    Não ficou claro para mim.

    Fred disse:
    13 março, 2010 às 9:49 am

    Não é uma questão de juízo de valor, não é quem julga. O karma é uma ação-reação natural e idependente de você achar bonito ou feio estar bêbado. E acima de tudo é a intenção que gera, tanto o dharma quanto o Kharma.

    Jorge disse:
    25 março, 2010 às 8:19 am

    A embriaguez em si não é boa nem ruim. Mas se alguém está cultivando a mente com o intuito de torná-la mais clara, com intuito de vivenciar a realidade com mais entendimento, a embriaguez é ruim para tal pessoa.

    Sebastião disse:
    18 abril, 2010 às 7:05 pm

    “Quem pode julgar que, por exemplo, a embriaguez em si mesma é uma ação negativa”? Os médicos.

    Eli Ane disse:
    2 dezembro, 2013 às 1:00 pm

    Uma pessoa (ou um grupo de pessoas), pode ser que não tenha intenções de fazer qualquer maldade sob efeito do álcool, mas, com certeza perde a claridade da mente e o controle de suas ações; portanto, existe o mal embutido em cada gole, independente das ações ‘inocentes’, só para se divertir (quem não já se arrependeu de algo que disse ou fez sob o efeito de bebidas?)…

    5 ações para não causar sofrimento | Sobre Budismo disse:
    24 fevereiro, 2014 às 8:53 pm

    […] A Fundação Moral para a Humanidade Os Cinco Preceitos O modo de vida buddhista para os laicos Ética buddhista para o mundo moderno A moral buddhista é baseada na intenção ou volição […]

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s