Porque tomamos Refúgio no Buddha – 1

Postado em Atualizado em

Os buddhistas tomam refúgio no Buddha para se inspirar e conseguir uma compreensão correta para sua autopurificação e afirmar sua confiança no Buddha ou se lembrar do Buddha em suas mentes.

Os buddhistas não tomam refúgio no Buddha com a crença de que Ele é um Deus ou filho de Deus. O Buddha nunca clamou para si qualquer divindade. Ele era o Iluminado, o mais Compassivo, Sábio e Santo que já viveu neste mundo. Dessa forma, as pessoas tomam refúgio no Buddha como um Professor ou Mestre que mostrou o verdadeiro caminho para a emancipação. Elas prestam homenagem a Ele a fim de mostrar sua gratidão e respeito, mas não pedem por favores materiais. Os buddhistas não oram para o Buddha pensando que Ele é um deus que irá recompensá-los ou puni-los. Eles recitam versos ou alguns sutras não no sentido de súplica, mas como uma forma de se lembrar de Suas grandes virtudes e boas qualidades e, assim, ter mais inspiração e orientação para eles mesmos e para desenvolver a confiança em seguir Seus Ensinamentos. Há críticos que condenam essa atitude em tomar refúgio no Buddha. Eles não entendem o verdadeiro significado do conceito de tomar refúgio e prestar homenagem a um grande Professor religioso. Eles aprenderam somente sobre o rezar, que é a única coisa que algumas pessoas fazem em nome da religião. Quando os buddhistas buscam refúgio isso significa que aceitam Buddha, Dhamma e Sangha como os meios através dos quais podem erradicar todas as causas de seu medo e outras perturbações mentais. Muitas pessoas, especialmente as que nutrem crenças animistas, buscam proteção em certos objetos à volta delas e que acreditam estarem habitados por espíritos. Os buddhistas entretanto sabem que a única proteção que podem ter é por meio de um completo entendimento de suas próprias naturezas, erradicando seus instintos mais baixos. A fim de assim fazê-lo, eles colocam sua confiança nos ensinamentos do Buddha e em Seu Caminho, pois esse é o único modo para uma verdadeira Emancipação e liberdade em relação ao sofrimento.

2 comentários em “Porque tomamos Refúgio no Buddha – 1

    Joao Severino de Souza Filho disse:
    31 julho, 2009 às 9:13 pm

    Como espiritualista, acredito que o que chamamos de Deus é na verdade uma plêiade de espíritos altamente iluminados que regem todo nosso universo. Acreditarmos ou não em quem ou o que seja Deus não vai tirar o mérito de nenhuma religião até porque não é a religião que vai contar no final mas o uso de nosso livre arbítrio. Continuemos sempre plantando porque a colheita será obrigatória. Kusala.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s