O Significado da Oração – II

Postado em Atualizado em

O próprio Buddha declarou expressamente que nem a recitação de escrituras sagradas, nem a tortura de si mesmo, nem dormir sobre o chão, nem a repetição de orações, penitências, hinos, encantamentos, mantras, incantações e invocações podem trazer a felicidade real do Nibbāna, mas somente a purificação da mente através do esforço próprio pode fazê-lo.

Com relação ao uso de orações para se atingir o objetivo final, o Buddha certa vez usou a analogia de um homem que desejava atravessar um rio. Se ele se sentasse e orasse, implorando que a outra margem do rio viesse até ele e o carregasse para a outra margem, então sua oração não seria respondida. Se realmente desejasse atravessar o rio, ele deveria fazer algum esforço; precisaria encontrar alguns troncos e construir uma balsa, ou procurar por uma ponte ou construir um barco ou talvez nadar. De alguma forma ele precisará trabalhar para conseguir atravessar o rio. Da mesma forma, se quiser atravessar o rio do Saṁsāra, somente orações não serão suficientes. Ele deverá trabalhar duramente para viver uma vida religiosa, controlar suas paixões, acalmar sua mente e se livrar de todas as impurezas e aflições de sua mente. Somente assim poderá alcançar o objetivo final. Somente orações nunca irão levá-lo ao objetivo final.

Se a oração for necessária, ela deveria servir para fortalecer e focar a mente e não implorar por ganhos. A seguinte oração de um poeta nos ensina como rezar. Os buddhistas poderão considerá-la como uma meditação para cultivar a mente:

“Que eu não ore para ser protegido dos perigos,
mas para ser corajoso ao encará-los.
Que eu não peça pelo aquietamento de minha dor,
Mas para que meu coração a conquiste.
Que eu não deseje com um medo ansioso por ser salvo,
Mas pela paciência por obter minha liberdade”.

Anúncios

Um comentário em “O Significado da Oração – II

    […] de autoria do Ven. Dr. K. Sri Dhammananda, os títulos  “O Significado da Oração” , “O Significado da Oração II” , e principalmente “Adoradores de Ídolos? 1″ , “Adoradores de […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s