Natureza da Vida Moderna – III

Postado em Atualizado em

Se praticar a meditação, você poderá aprender a se comportar como um cavalheiro mesmo se perturbado por outros. Por meio da meditação poderá aprender a relaxar o corpo e a acalmar a mente; poderá aprender a estar tranquilo e feliz dentro de si.

Como um motor se aquece e se danifica quando ligado por um tempo prolongado, necessitando resfriar para superar isso, assim também a mente se sobrecarrega quando a sujeitamos a um esforço mental prolongado, e é somente por meio da meditação que o relaxamento ou resfriamento pode ser conquistado. A meditação fortalece a mente para que consiga controlar a emoção humana quando perturbada por pensamentos e sentimentos negativos como ciúmes, raiva, orgulho e inveja.

Se praticar a meditação, você poderá aprender a tomar a decisão apropriada quando estiver diante de uma encruzilhada em sua vida e se sentir perdido sobre que caminho tomar. Tais qualidades não podem ser compradas em lugar algum. Nenhum dinheiro ou propriedade poderá comprar essas qualidades; mas você poderá atingi-las por meio da meditação. E, no final, o objeto último da meditação buddhista é erradicar todas as impurezas da mente e atingir a meta final – Nibbāṇa.

Hoje em dia, entretanto, a prática da meditação foi abusada pelas pessoas. Elas querem resultados imediatos e rápidos, da mesma forma como esperam retornos rápidos para tudo o que fazem na vida diária. No Buddhismo, como é o caso com outras culturas orientais, a paciência é uma qualidade muito importante. A mente deve ser trazida sob controle vagarosamente e não se deve tentar alcançar os estados mais altos sem um treinamento apropriado. Já ouvimos sobre rapazes e garotas excessivamente entusiasmados e que literalmente ficaram perturbados em suas mentes porque adotaram atitudes erradas em relação à meditação. Meditação é um modo gentil de conquistar as impurezas que poluem a mente. Se as pessoas querem ‘sucesso’ ou ‘aquisição’ a fim de se vangloriar para os outros por terem atingido esse ou aquele nível de meditação, elas estão abusando do método de cultura mental. É preciso se treinar na moralidade e se deve entender claramente que, a fim de se ter sucesso na disciplina da meditação, as conquistas mundanas não podem ser comparadas ao desenvolvimento espiritual. Idealmente, é bom trabalhar junto a um professor experiente que ajudará seu aluno a se desenvolver ao longo do caminho correto. Mas, acima de tudo, nunca se deve ter pressa em alcançar demais e muito rápido.

5 comentários em “Natureza da Vida Moderna – III

    Eliane disse:
    16 outubro, 2008 às 11:04 am

    Fiquei encantada com o texto. Ele fala simples e claramente o que é meditação. Um iniciante não pode nunca se entusiasmar e querer resultados de prontidão; afinal ele está disciplinando a si mesmo!

    Gonçalo disse:
    24 outubro, 2008 às 7:46 pm

    A impaciencia da nossa sociedade, é um triste verdade, mas mais triste é ver que muito poucos conseguem notar que estão impacientes e que esta impaciencia nos leva aos actos mais barbaros.
    Muitas vezes gostava de poder abrir os olhos a essas pessoas, nem sempre com sucesso ou até mesmo quase nunca, no entanto fiz o que estava ao meu alcance e isso por si só já é gratificante ao menos tentei, e não é isso que me vai frustrar, porque muitas vezes essas pessoas pura e simplesmente não estão preparadas para ‘ver’ o que lhes quero mostrar, pode ser que um dia o consigam… Mais vale ter uma mente que tem paciencia para as suas impaciencias.

    Ribamar Lopes disse:
    25 outubro, 2008 às 4:13 pm

    Excelente trilogia.
    É claro. Se uma prática que induz a paz está te guiando no caminho oposto, ou estás iniciando com ânsia o caminho da paz, obviamente não se está no caminho certo.

    Jésus disse:
    26 outubro, 2008 às 9:46 pm

    No mundo moderno do imediatismo que estamos queremos tudo para ontem e sem a paciência ficamos expostosa ansiedade e frustação e dificilmente conseguiremos relacionamentos harmoniosos. Paciência é oponente da raiva que é a mais poderosa destruidora de virtudes e da paz mental e pertuba todos os que estão ao noso redor.

    Gabrak disse:
    27 outubro, 2008 às 4:05 am

    Mais uma vez excelente texto, as vezes fico impressionado como a sociedade cultua as iniquidades e a violencia, sempre objetivando as vantagens momentaneas, quiça um dia quando se noticie uma violencia tambem mostrem como é possivel supera-la através de uma cultura de paz.
    Obrigado por divulgar um texto tão elucidativo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s