Qual é a Religião Apropriada?

Postado em

Se qualquer religião possui as Quatro Nobres Verdades e o Caminho Óctuplo, então ela pode ser tomada como uma religião apropriada

É muito difícil para um homem descobrir porque há tantas religiões diferentes, e qual religião é a verdadeira. Os seguidores de cada religião tentam mostrar a superioridade de sua própria. A diversidade criou alguma uniformidade, mas em matéria de religião, os homens olham uns aos outros com ciúmes, ódio e desprezo. As mais respeitáveis práticas religiosas em uma religião são consideradas ridículas por outras. Para introduzir suas mensagens divinas e pacíficas algumas pessoas recorrem a armas e guerras. Com isso, não poluíram o bom nome da religião? Parece que certas religiões são responsáveis por dividir ao invés de unir a humanidade.

A fim de encontrar a religião verdadeira e apropriada, devemos ponderar, com uma mente sem preconceitos, o que exatamente é uma falsa religião. As falsas religiões ou filosofias incluem: materialismo que nega a sobrevivência após a morte; amoralismo que nega o bem e o mal; qualquer religião que afirme que o homem é milagrosamente salvo ou condenado; evolução teísta que diz que tudo é pré-ordenado e cada um é destinado a atingir a salvação através da simples fé.

O Buddhismo é livre de fundamentos insatisfatórios e incertos. O Buddhismo é realista e verificável. Suas Verdades foram verificadas pelo Buddha, verificadas por Seus discípulos, e permanecem sempre abertas para serem verificadas por qualquer um que o deseje fazer. E, hoje, os Ensinamentos do Buddha têm sido verificados pelos mais severos métodos de investigação científica.

O Buddha disse que qualquer forma de religião é apropriada se contiver as Quatro Nobres Verdades e o Nobre Caminho Óctuplo. Isso mostra claramente que o Buddha não queria formar uma religião em particular. O que Ele desejava era revelar a Verdade Última de nossa vida e do mundo. Apesar de o Buddha ter exposto as Quatro Nobres Verdades e o Nobre Caminho Óctuplo, esse método não é propriamente somente dos buddhistas. Essa é uma Verdade universal.

A maioria das pessoas acha necessário estabelecer argumentos a fim de ‘provar’ a validade da religião que seguem. Alguns clamam que sua religião é a mais antiga e, portanto, contém a verdade. Outros clamam que sua religião é a mais recente ou a mais nova e, portanto, contém a verdade. Alguns clamam que sua religião tem mais seguidores e, portanto, contém a verdade. Ainda assim, nenhum desses argumentos é válido a fim de estabelecer a verdade de uma religião. Uma pessoa pode julgar o valor da religião somente usando o senso comum e a compreensão.

Algumas tradições religiosas requerem a subserviência do homem a um poder maior que ele mesmo, um poder que controla sua criação, suas ações e sua libertação final. O Buddha não aceitou tais poderes. Ao contrário, Ele colocou no homem todo aquele poder, afirmando que cada homem é seu próprio criador, responsável por sua própria salvação. É por isso que é dito: “Não há alguém sem deus como o Buddha e nem ninguém tão divino”. A religião dos buddhistas dá ao homem um grande senso de dignidade; ao mesmo tempo dá a ele também uma grande responsabilidade. Um buddhista não pode culpar um poder externo quando o mal acontece a ele. Mas ele pode enfrentar o infortúnio com equanimidade, porque sabe que tem o poder para se desembaraçar de toda miséria.

Uma das razões porque o Buddhismo é atraente aos intelectuais e aqueles com boa educação, é que o Buddha expressamente desencorajou Seus seguidores em aceitar qualquer coisa que ouvissem (mesmo se viesse Dele mesmo) sem primeiro testar sua validade. Os ensinamentos do Buddha permaneceram e sobreviveram precisamente porque muitos intelectuais desafiaram cada aspecto de seus ensinamentos e concluíram que o Buddha sempre falou a inegável Verdade. Enquanto outros religiosos tentando “reavaliar” os ensinamentos de seus fundadores à luz do conhecimento moderno sobre o Universo, os ensinamentos do Buddha estão sendo confirmados pelos cientistas.

Anúncios

2 comentários em “Qual é a Religião Apropriada?

    Antonio M. Soares disse:
    23 agosto, 2007 às 11:02 pm

    Tenho pouco tempo de prática no budismo: 2 anos no zen (prática diária), 1 ano no budismo tibetano (dzogchen), duas visitas a um núcleo Theravada, uma visita a um grande templo chan.
    Devo dizer que tivbe muito pouco contato com o ensinamento do Buda shakyamuni.
    No Zen, o contato com esses ensinamentos resume-se quase que somente ao zazen (meditação sentada), pouco se fala dos sutras.
    No Budismo tibetano, ouvi falar que o Buda Shakyamuni reaparece como Guru Padmasambhava,com ensinamentos esotéricos e secretos do Vajrayana, um caminho mais rápido para a iluminação(?) em comparação com o caminho dos sutras (theravada(?). Na linha tibetana também são utilizados métodos de prostrações e recitações de mantras e acredita-se que deidades nos auxiliem nesse caminho. Acredito também que essas tradições são caminhos sérios para quem procura a verdade. Mas me incomodam as aparentes contradições entre elas.
    Como ver isso tudo fazendo parte da mesma verdade?
    Posso ouvir sua opinião sobre essas questões?

    grato

    dhanapala respondido:
    25 agosto, 2007 às 10:10 am

    Olá Antonio. Como posso responder? O fato é que realmente as escolas buddhistas são muito diferentes. Ao estudar as várias formas, alguns chegam à conclusão de que há efetivamente contradições e diferenças, outras chegam à conclusão de que há uma mesma verdade subjacente. Mas, de fato, somente você poderá dar essa resposta para você mesmo. Estudar todas elas ou optar por seguir bem uma só. Decidir que critérios usará. A que seja mais fiél ao canône antigo, a que é mais simpática, a que tem praticantes melhores, a que é maior nos dias de hoje, a que tem o líder mais carismático, a que se encaixa melhor pra você… todos esses são critérios que as pessoas escolhem para optar por uma ou outra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s