A Religião Moderna

Postado em Atualizado em

O Buddhismo é forte o suficiente para enfrentar quaisquer visões modernas que possam desafiar a religião

As idéias buddhistas contribuíram muito para o enriquecimento tanto do pensamento antigo quanto do moderno. Seu ensinamento sobre a causação e o relativismo, sua doutrina sobre os dados dos sentidos, seu pragmatismo, sua ênfase sobre a moral, sua não-aceitação de uma alma permanente, sua despreocupação com relação a forças externas sobrenaturais, sua negação de ritos e rituais religiosos desnecessários, seu apelo à razão e à experiência e sua compatibilidade com as descobertas científicas, tudo isso tende a estabelecer sua reivindicação pela modernidade.

O Buddhismo é capaz de preencher todos os requisitos de uma religião racional que se encaixa nas necessidades do mundo futuro. Ela é tão científica, tão racional, tão progressista que será um orgulho para um homem no mundo moderno se chamar de buddhista. De fato, o Buddhismo é mais científico em sua abordagem do que a ciência; ele é mais socialista do que o socialismo.

Entre todos os grandes fundadores de religiões, foi somente o Buddha que encorajou o espírito de investigação entre Seus seguidores e que os advertiu a não aceitar com fé cega, mesmo Seus Ensinamentos. Portanto, não é exagero dizer que o Buddhismo pode ser chamado de uma religião moderna.

O Buddhismo é um esquema bem elaborado a respeito de como levar uma vida prática e um sistema bem pensado de autocultura. Mais que isso, é um método científico de educação. Essa religião é melhor capaz, em qualquer crise, de restaurar nossa paz mental e nos ajudar a enfrentar calmamente quaisquer mudanças que o futuro nos reserve.

Sem o prazer sensorial, a vida seria tolerável? Sem a crença na imortalidade, pode o homem ser moral? Sem recorrer à divindade, pode o homem avançar em direção à retidão? SIM, é a resposta dada pelo Buddhismo. Tais objetivos podem ser atingidos pelo conhecimento e pela purificação da mente. O conhecimento é a chave para o caminho superior. A purificação é o que leva a calma e a paz para a vida e torna o homem indiferente e desapegado dos caprichos do mundo fenomênico.

O Buddhismo é verdadeiramente uma religião que se adapta ao mundo moderno e científico. A luz que vem da natureza, da ciência, da história, da experiência humana, de cada ponto do universo, fica radiante com os Nobres Ensinamentos do Buddha.

4 comentários em “A Religião Moderna

    Jorge disse:
    31 maio, 2007 às 12:19 pm

    Duas coisas: Dhanapala, poderia por favor esclarecer a passagem “Sem a crença na imortalidade, pode o homem ser moral?” a qual o conceito de imortalidade o autor se refere.
    E, antes que comentários indignados surjam, o que, a julgar pelos últimos, provavelmente virão, é aconselhável refletir sobre o fato de que o texto foi escrito por um respeitado e experiente mestre e erudito, que dedicou parte da sua vida à prática e ao estudo espiritual e compará-la à seguinte afirmação de um outro respeitado mestre e erudito, afirmação já bem conhecida, ao menos no meio Buddhista:
    “A religião do futuro será uma religião cósmica. Deve transcender um Deus pessoal e evitar os dogmas e as teologias. Abrangendo ambos, o natural e o espiritual, ela deve estar baseada num senso religioso que surja da experiência de todas as coisas, naturais e espirituais, e uma unidade que tenha significância. O Budismo preenche essa descrição. Se houver alguma religião que esteja à altura das necessidades científicas modernas, essa religião é o Budismo.”
    Albert Einstein.

    Índice « No Que Os Buddhistas Acreditam disse:
    3 junho, 2007 às 10:53 pm

    […] A Religião Moderna […]

    vyctor disse:
    25 agosto, 2010 às 10:13 am

    bem eu achei o texto muito bom, concordo com o jorge também não entendi algumas coisas mais esta ótimo me foi muito util
    obrigado.

    William disse:
    21 abril, 2013 às 7:45 am

    Significa: se não somos imortais, se não vamos receber o paraíso eterno por nossas boas ações podemos nós, MESMO ASSIM, praticar boas ações? Ou vamos deixar de praticá-las porque não seremos reconhecidos com o paraíso eterno?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s