Prefácio da 5a. Edição

Posted on Updated on

A primeira edição desse livro veio à luz em 1964, como resultado de perguntas colocadas por devotos do Venerável Autor durante uma prolongada série de palestras do Dhamma realizadas por toda a Malásia. Ele sentiu que um livro dessa natureza poderia servir como um livro de referência para buddhistas e não-buddhistas, apresentando de uma forma simplificada as crenças e conceitos do Buddhismo, bem como as atitudes buddhistas em relação a outras crenças.

É irônico, mas verdadeiro, que há pessoas que professam essa religião e que até se colocam como líderes buddhistas, mas ainda carecem dos princípios básicos do Buddhismo. Muito deles são bem versados em certos ritos e rituais, mas não compreendem a essência do Ensinamento do Mestre. Ignorando os nobres Ensinamentos, eles introduziram muitas crenças sem base e tradições infundadas, tornando uma religião racional e gentil num objeto de zombaria. Como resultado, muitas pessoas se preocupam mais com os aspectos devocionais e ritualistas do Buddhismo enquanto prestam escassa atenção ao desenvolvimento espiritual verdadeiro que leva à sabedoria e ao entendimento.

Essa é uma triste situação causada por alguns religiosos egoístas e mal orientados. Dirigidos pela ignorância e incentivados por fins mercenários, algumas pessoas difamaram o Buddhismo como religião, dando a impressão de que ela encoraja crenças supersticiosas e dependência em amuletos e presságios. Mesmo alguns monges se rebaixaram ao status de vendedores de amuletos.

É irônico que muitas pessoas nem mesmo sabem o nome da religião a que pertencem. Alguns dizem: “Eu acho que sou buddhista”. Isso mostra a extensão do que negligenciaram na maneira de vida buddhista. Tal ignorância dos ensinamentos sublimes encorajou missionários inescrupulosos de outras religiões a ridicularizarem o Buddhismo com falsas acusações e interpretações errôneas. Um resultado disso é que, sendo ignorantes a respeito de seus próprios Ensinamentos e incapazes de refutar as falsas alegações, os buddhistas sucumbem facilmente nas armadilhas da conversão.

Um dos objetivos para a criação de No que os Buddhistas Acreditam é contrapor tal ignorância. Sua intenção principal é se dirigir àqueles que têm um desejo genuíno de conhecer algo sobre os ensinamentos básicos, bem como aspectos os mais difíceis da religião, explicadas de uma maneira que possam ser entendidos num contexto moderno e sem um conhecimento prévio dos temas. A popularidade desse livro foi além de nossas expectativas. Ele foi revisado em 1973 e novamente em 1982. A procura por esse livro continua. Traduções para o chinês, coreano e indonésio podem ser encontradas.

Esse ano de 1987 foi o vigésimo quinto aniversário da formação da Buddhist Missionary Society, e foi decidido que No que os Buddhistas Acreditam deveria ser revisado e melhorado como uma ‘Edição Especial de Comemoração’ a fim de celebrar o Jubileu de Prata de nossa sociedade. O Venerável Autor, assim, com mais de 40 anos de experiência como missionário, passou muito tempo em pesquisas extensas, compilando novos capítulos para dar origem à reimpressão de 1987 de No que os Buddhistas Acreditam como um livro para todos aqueles que buscam saber o que é o Buddhismo.

Mantendo o objetivo original desse livro, deve ser enfatizado que o Venerável autor não tem qualquer intenção de denegrir ou rebaixar as crenças e práticas de outros religiosos e de outras escolas buddhistas de pensamento. Ele repetidamente enfatizou as injunções do Buddha no Kalama Sutta dizendo a seus seguidores para conservarem uma mente aberta e racional na aceitação de qualquer ensinamento. O Buddha, em sua época, nunca ridicularizou as práticas e crenças de outros religiosos então predominantes, mas expôs a verdade. Também não é o objetivo desse livro procurar converter, porque tal espírito é alheio ao espírito do Buddhismo. Seu objetivo deve ser reiterado – informar e educar os buddhistas a respeito dos objetivos básicos de sua religião e demonstrar seus sublimes ideais, fazendo com que todo buddhista fique orgulhoso de ser chamado de buddhista. No que os Buddhistas Acreditam almeja iluminar os outros quanto aos puros Ensinamentos de maneira que a partir de um entendimento maior e mais amplo eles serão bons e gentis o suficiente para deixarem de castigar essa Nobre Religião que vem servindo e guiando milhões de pessoas para o Caminho Correto.

O Ensinamento do Buddha é a maior herança que o homem recebeu do passado. A mensagem do Buddha ensinada há mais de 2500 anos, uma mensagem de não-violência e paz, de amor e compaixão, de tolerância e compreensão, de verdade e sabedoria, de respeito e consideração pela vida, de liberdade em relação ao egoísmo, ódio e violência, permanece válida até hoje e permanecerá como a Verdade. Essa é uma mensagem eterna.

Estamos num mundo dilacerado pela discórdia. O Buddha ensinou que devemos desenvolver ‘Bodhi’, o coração da sabedoria, um coração de amor, um coração de compreensão, a fim de superar os vícios que prevalecem infectando o homem desde o começo dos tempos. ‘Superar o ódio pelo não-ódio, superar o ódio pelo amor’. Estamos praticando o conselho dado por Ele? Somos responsáveis por nosso destino. Temos que limpar nosso coração, examinar nossa própria natureza e nos determinar a praticar os Ensinamentos não somente na letra, mas o mais importante, no espírito. Espera-se que essa publicação de No que os Buddhistas Acreditam possa ajudar muitos de nossos amigos buddhistas que seguem o verdadeiro caminho em direção à Iluminação.

Como Presidente da Buddhist Missionary Society, foi uma honra e um prazer para mim estar associado tão de perto com o Venerável Dr. K. Sri Dhammananda, o autor, na produção desse livro.

Desejo expressar nosso sincero agradecimento e apreço ao Sr. Victor Wee e ao Sr. Vijaya Samarawickrama pela ajuda ao autor na edição deste livro e por muitas sugestões úteis que ajudaram a levar este livro à sua forma atual. Também gostaria de agradecer à Sra. Chong Hong Choo que gastou incontáveis horas cuidando de inumeráveis detalhes na produção deste livro, desde o início até sua finalização. Agradecimentos também são oportunos ao Sr. H.M.A. de Silva, Srta. Lily See, Lee Lai Fong, Quah Pin Pin, Leong Poh Chwee, Tan Kuee Fong e Low Mei Ying pela digitação e revisão, pois sem tal assistência o presente livro não seria possível.

Teh Thean Choo A.M.N.
Presidente da Buddhist Missionary Society

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s