Como Responder Perguntas

Postado em Atualizado em

De acordo com o Buddha, há várias formas de responder os muitos tipos de perguntas.

O primeiro tipo de questão é aquela que requer uma resposta definitiva, tal como um ‘sim’ ou ‘não’. Por exemplo, a questão: ‘Todas as coisas condicionadas são impermanentes?’, é respondida com um ‘Sim’.

O segundo tipo de questão é aquela que requer uma resposta analítica. Supondo que alguém diga que Angulimala era um assassino antes de se tornar um ‘Arahant’ e, sendo assim, seria possível para qualquer assassino se tornar um Arahant? Essa pergunta deve ser analisada antes de se poder dizer ‘sim’ ou ‘não’. Do contrário, ela não será respondida correta e abrangentemente. Seria preciso analisar quais condições tornam possível para um assassino se tornar um santo em uma vida.

O terceiro tipo de questão é aquela em que é necessário perguntar outra questão para ajudar o questionador a pensar a respeito. Se você pergunta: ‘Porque é errado matar outros seres vivos?’, a pergunta adicional será: ‘Como se sente quando outros tentam matá-lo?’

O quarto tipo de questão é aquela que deveria ser afastada. Isso significa que você não deveria respondê-la. Essas são as questões especulativas por natureza, e qualquer resposta irá somente criar mais confusão. Um exemplo de tal questão é: ‘O universo tem um começo ou não?’ As pessoas podem discutir tal questão por anos sem chegar a uma conclusão. Elas podem somente responder tal questão baseadas em sua imaginação, não no real entendimento.

Algumas respostas dadas pelo Buddha encontram um paralelo no tipo de respostas dadas na ciência nuclear. De acordo com Robert Oppenheimer: “Se perguntamos, por exemplo, se a posição do elétron permanece a mesma, devemos dizer ‘não’; se perguntamos se ele está estático, devemos dizer ‘não’; se perguntamos se está em movimento, devemos dizer ‘não’”. O Buddha ofereceu tais respostas quando interrogado sobre as condições do ‘self’ do homem após sua morte; mas essas não eram respostas comuns de acordo com a tradição da ciência do século dezessete e dezoito.

É importante notar, entretanto, que o Buddha respondeu a algumas dessas questões a Seus discípulos mais intelectualmente desenvolvidos após o inquiridor original ter ido embora. E em muitos casos, Suas explicações estão contidas em outros discursos, o que nos mostra que tais questões não foram respondidas pelo Buddha meramente para satisfazer a mente curiosa, porém, não desenvolvida dos inquiridores.

About these ads

Um comentário sobre “Como Responder Perguntas

    Índice « No Que Os Buddhistas Acreditam disse:
    13 abril, 2011 às 8:15 am

    […] Como Responder Perguntas […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s