A Origem do Mundo

Postado em Updated on

“Não há razão para se supor que o mundo tenha tido um início. A idéia de que as coisas devam ter um começo é realmente algo devido à pobreza de nossos pensamentos” (Bertrand Russel).

Há três escolas de pensamento com relação à origem do mundo. A primeira escola de pensamento afirma que esse mundo veio a existir pela natureza e que a natureza não é uma força inteligente. Entretanto, a natureza funciona de um modo próprio e sempre mutável.

A segunda escola de pensamento diz que o mundo foi criado por um Deus todo poderoso, o qual é responsável por tudo. A terceira escola de pensamento diz que o início do mundo e da vida é inconcebível pois não tem nem início nem fim. O Buddhismo está de acordo com essa terceira escola de pensamento. Bertrand Russel concorda com essa escola de pensamento dizendo: ‘Não há razão para se supor que o mundo tenha tido um início. A idéia de que as coisas devam ter um começo é realmente algo devido à pobreza de nossos pensamentos.

A ciência moderna diz que há alguns milhões de anos a recente terra esfriada era sem vida e que a vida se originou no oceano. O Buddhismo nunca proclamou que o mundo, o sol, a lua, as estrelas, o vento, a água, os dias e as noites foram criados por um deus poderoso ou por um Buddha. Os buddhistas acreditam que o mundo não foi criado de uma só vez, mas que o mundo é criado milhões de vezes a cada segundo e isso continuará a acontecer por si mesmo e terminará por si mesmo. De acordo com o Buddhismo, os sistemas mundiais sempre aparecem e desaparecem no universo.

H.G. Wells, em A Short History of the World, diz que: ‘É universalmente reconhecido que o universo em que vivemos, tem toda a aparência de ter existido por um enorme período de tempo e possivelmente por um tempo sem fim. Mas que o universo em que vivemos existiu somente desde uns seis ou sete milhões de anos pode ser julgado como uma idéia totalmente ultrapassada. Nenhuma vida parece ter surgido de repente sobre terra’.

Os esforços feitos por muitas religiões em explicar o início e o fim do universo são realmente mal-concebidos. A posição das religiões que propõem a visão de que o universo foi criado por deus em um ano fixo exato, se tornou difícil de se manter à luz do conhecimento moderno e científico.

Os cientistas, historiadores, astrônomos, biólogos, botânicos, antropólogos e grandes pensadores de hoje têm todos contribuído com um conhecimento vasto e novo sobre a origem do mundo. Essas últimas descobertas e conhecimentos não estão de modo algum em contradição com os Ensinamentos do Buddha. Bertrand Russel, novamente, diz que respeita o Buddha por não fazer falsas declarações como outros que se comprometeram com uma visão particular sobre a origem do mundo.

As explicações especulativas sobre a origem do universo apresentadas por várias religiões não são aceitáveis aos cientistas e intelectuais modernos. Mesmo os comentários das Escrituras Buddhistas, escritos por alguns escritores buddhistas, não podem ser desafiados pelo pensamento científico em relação a essa questão. O Buddha não perdeu Seu tempo com esse assunto. A razão para Seu silêncio foi a de que esse assunto não tem valor religioso para atingir a sabedoria espiritual. A explicação sobre a origem do universo não é um problema da religião. Tal teorização não é necessária para se viver um modo de vida correto e para dar uma direção à nossa vida futura. Entretanto, se alguém insiste em estudar esse tema, então deverá investigar as ciências, a astronomia, a geologia, a biologia e a antropologia. Essas ciências podem oferecer mais informações confiáveis e testadas sobre esse tema do que podem oferecer quaisquer religiões. O propósito de uma religião é cultivar a vida aqui nesse mundo e no próximo, até que a libertação seja atingida.

Aos olhos do Buddha, o mundo nada mais é que samsara – o ciclo de repetidos nascimentos e mortes. Para Ele, o começo e o fim do mundo estão no samsara. Uma vez que elementos e energias são relativos e interdependentes, não tem sentido especificar qualquer coisa como sendo o início. Seja qual for a especulação que fizermos sobre a origem do mundo, não haverá uma verdade absoluta nesse nosso conceito.

Infinito é o céu, infinito é o número de seres,

Infinitos são os mundos no vasto universo,

Infinito em sabedoria o Buddha ensina assim,

Infinitas são as virtudes Dele que assim ensina’. (Sri Ramachandra)

Um dia um homem chamado Malunkyaputta se aproximou do Mestre e pediu que Ele explicasse a origem do universo. Ele até o ameaçou de parar de ser Seu seguidor se a resposta do Buddha não fosse satisfatória. O Buddha calmamente respondeu que não tinha importância se Malunkyaputta o seguisse ou não, pois a Verdade não precisava da ajuda de ninguém. Então, o Buddha disse que não discutiria sobre a origem do universo. Para Ele, obter o conhecimento sobre tais temas era uma perda de tempo porque a tarefa de um homem era se libertar do presente, não do passado ou do futuro. Para ilustrar isso, o Iluminado relatou a parábola de um homem que fora atingido por uma flecha envenenada. Esse homem tolo se recusou a ter a flecha removida antes de saber tudo sobre a pessoa que atirou a flecha. Quando seus assistentes descobriram esses detalhes desnecessários, o homem já havia morrido. Similarmente, nossa tarefa imediata é atingir o Nibbāna, e não o se preocupar sobre nossos começos.

About these ads

53 comentários sobre “A Origem do Mundo

    Jorge Furtado disse:
    21 novembro, 2006 às 10:23 pm

    É um verdadeiro tesouro este trabalho! A cada leitura o pensamento Buddhista com o qual tanto me identifico se torna mais claro e estabelecido em bases mais sólidas na minha mente. Obrigado, Dhanapala, por mais este presente!

    Índice « No Que Os Buddhistas Acreditam disse:
    30 novembro, 2006 às 8:14 am

    [...] A Origem do Mundo [...]

    Carlos disse:
    20 fevereiro, 2007 às 3:15 pm

    Dá para começarmos a pensar sobre como fomos ensinados que tudo tem, necessariamente, de ter um começo e um fim. E nada disso é necessário. Gostei do texto.
    Carlos

    d... disse:
    19 março, 2007 às 7:30 pm

    essa pagina tem muitos assuntos bons e coisas legais para os trabalhos da escola!!!
    vocês fizeram uma grande pagina de pesquisa!!!
    valeu!!!
    vocês me fizeram tirar 10 no trabalho!!
    e…
    Dá para começarmos a pensar sobre como fomos ensinados que tudo tem, necessariamente, de ter um começo e um fim. E nada disso é necessário.
    gostei dos textos!!

    JUDNEY VARGAS disse:
    25 março, 2007 às 6:39 pm

    quais são as teorias mais discultidas sobre a origem do mundo

    Luis Guilherme Nascimento disse:
    10 abril, 2007 às 5:19 pm

    Adorei é um site ótimo com ótimas explicações!!!
    Sem duvida essa foi a melhor explicação da origem do mundo que eu já ouvi e vi!!

    Parabéns!!!!

    laisa disse:
    1 outubro, 2007 às 4:30 pm

    oi…
    ate que eu gostei …
    mintirinha;D
    ameiii
    achei legal pois assim as pessoas podem saber como e a religiao de voces…
    by;D

    Cassiane disse:
    5 novembro, 2007 às 6:14 pm

    Muito interessanteee..ameiii :D

    Byy…

    gledson disse:
    7 dezembro, 2007 às 10:18 pm

    gostaria q todas as pessoas do mundo realmente se preocupassem com esses questionamentos, pois as religioes preenchem a lacuna com ilusoes q permeiam a mente das pessoas, aprisionando-as num universo limitado, interferindo na própria vivência das pessoas

    patrycia disse:
    3 março, 2008 às 3:51 pm

    muito bom mesmo consegui achar as coisas q eu presisava saber

    mucura disse:
    30 março, 2008 às 6:52 am

    Interessante!!! mas continuo não entendendo o porque de adorar o Buddha ou dar moral aos seus ensinamentos, na verdade tudo não passa de uma probabilidade que todos temos no consciente mas temos preguiça de explorá-las, não querer saber de como o universo foi criado é como não querer viver, pois pra que eu vou prosseguir com a vida se ela se renova em ciclos mutáveis, ou seja tudo aquilo que eu projetar e pensar vai ser modificado em um futuro ou coisa parecida.

    Acho sim que fomos criados por alguém com uma finalidade, e que cada ser humano na verdade busca encontrá-la, e é essa força interior que nos faz ser-mos o que quizermos ser, e até pensar que somos deuses, santos, mestres, avatares e por ai vai. O lance é viver intensamente cada desejo do nosso coração, aliás, quem nos projetou não pode ter errado em criar um ser tão complexo como nós.

    samanta disse:
    14 maio, 2008 às 6:23 pm

    nossa é be interresante esse trabalho viuu !!
    só não gostei porque vcs falam muituu do buddha isso pra mim não teve nada a ver
    mais tiranduu isso tava legal !!!!
    bjão
    [:D]

    Eliane disse:
    25 junho, 2008 às 2:24 pm

    Queridos mucura e samanta, o que me deixa “abismada”, é vocês entrarem em um site buddhista e não quererem que este site fale em Buddha. E nossa amiga Lyssa que está desesperada, saiba mais de você mesma, depois vá mais longe… se for capaz…
    Abraços a todos.

    raquel disse:
    11 julho, 2008 às 2:59 pm

    oi amei serviu muito beijosssss

    Gabrak disse:
    25 agosto, 2008 às 11:19 pm

    Vivemos num circulo que não tem começo meio ou fim. Somos nós que colocamos as marcas, demarcamos e cronometramos com a finalidade de graduarmos importancias. Tentamos justificar a existência, que não tem justificativas. Circulamos experimentando a contemplação de uma existência infinita.

    Excelente artigo, gostei muito.

    Kamicase disse:
    8 setembro, 2008 às 10:08 pm

    aff, isto é muitoO legal vlw cara por fazer esse sity vc me sauvouU ….skapKSPOKapoksokP

    Bruna disse:
    23 setembro, 2008 às 7:46 pm

    gostei me ajudou bastante!:)achei muito bom mesmo ;)

    jbygkje disse:
    28 setembro, 2008 às 7:50 pm

    kn

    carlos sousa disse:
    5 outubro, 2008 às 8:19 pm

    Como é óbvio, tudo tem um principio e um fim. O facto de estarmos neste mundo sem ter a percepção do Eu ficamos a mereçê da duvida. Continuamos a comentar a origem dos factos, possivelmente chegaremos à conclusão um dia. Quando dissipar-mos o mistério outros aconteçerão dando sentido há vida dos humanos. Não nos deixar-mos enrredar será a medida mais sensata para o iníçio dos factos .

    carlos henrique disse:
    29 dezembro, 2008 às 8:23 pm

    adorei me ajudou muito a tomar uma direção, abraço….

    maria disse:
    18 fevereiro, 2009 às 6:13 pm

    adorei muito interesante!!!!!!! bju

    karlos da silva perreira disse:
    22 fevereiro, 2009 às 9:05 pm

    eu achei tudo mentira pois….eu só acredito em DEUS!!
    pq DEUS disse :
    Quando o homem pensar que é sábio aí que está a loucura do homem……..

    DEUS É QUE CRIOU O MUNDO A PROVA É A BÍBLIA QUE TEM MILHARES DE ANOS!!!

    DEUS disse:
    26 fevereiro, 2009 às 7:04 pm

    muito legal… a profundidade dos ensinamentos budistas me impressionam, o texto acima é só uma amostra do conhecimento a respeito da vida… muito bom

    marcelo disse:
    9 abril, 2009 às 8:40 pm

    karlos
    se vc tem tanta confiança na sua bíblia, o que veio fazer num site budista?

    Sergio Insaurriaga disse:
    8 maio, 2009 às 8:03 pm

    É interessante notar como os católicos e cristãos fervorosos se ofendem e partem para o ataque quando vêem os preceitos bíblicos sob contestação mesmo que passiva… Isto demonstra o desamparo emocional a que estão expostas estas pessoas. Enquanto o papa continua condenando a camisinha, fomentando ódio contra os homosexuais e ratificando a guerra, os católicos desesperados entram nos sites budistas não para tentar arrebanhá-los para suas religiões mas para ver o aspecto da grande “pulga” atrás de suas orelhas que é o budismo…
    Voces já viram algo no universo que não seja circular? Os planetas, as células, os elétros, prótons, neutrons,as estrelas, a rota dos elétrons em torno do núcleo e a rota dos planetas em torno das estrelas, e a das estrelas em torno do centro das galáxias, tudo é circular. Como sabemos o circulo é uma figura geométrica sem início ou fim…
    Todos os conceitos que apostam em um começo e fim tem a intenção de criar dependência intelectual através do medo para escravizar e explorar os semelhantes.

    Sempre estivemos aqui, e sempre vamos estar, cruzando juntos o universo, de braços dados ou não, nesta incrível e maravilhosa jornada infinita.

    M@rcelinh@ disse:
    12 maio, 2009 às 10:20 pm

    Achei muito legal, e pra mim foi ótimo ver outrs formas de pensamento! Gostaria de saber como os Buddhistas acreditam que o homem surgiu !
    Bjss :D = ^ . ^ =

    maria disse:
    25 maio, 2009 às 7:27 pm

    olha eu ameiiiiiiiiiiii
    td isso é muito show e ao mesmo tempo interessante

    adorei muito isso

    **bjs**
    *S2*

    Mai Tadaima disse:
    18 agosto, 2009 às 5:53 pm

    Olha se pensar por um lado..não se prender as teorias pode ser bom.. mas pensando assim me provoca mais dúvidas sobre o Universo ¬¬”

    juliana disse:
    27 outubro, 2009 às 2:07 pm

    muito interessante…..adorei

    Dr. lima disse:
    4 janeiro, 2010 às 2:02 pm

    A maior besteira é pensar que o mundo teve origem o terá um fim, partindo do principio de que a matéria é indestrutivel, e sempre está em transformação, como criar ou destruir o mundo, portando, o universo sempre existiu, mas sempre está em transformação,o problema é que nosso tempo de vida é tão curto que não podemos perceber isso.

    anne cristine da silva oliveira disse:
    4 janeiro, 2010 às 2:18 pm

    não tem lógica em falar sobre a origem ou sobre o fim do mundo, porque o mundo que conhecemos ou mesmo o universo nunca existiram, tudo não passa de realidade vitual, vocês já pararam para pensar que nós mesmos não existimos.
    vc pode até dizer, vc tá louco, como não existimos, é isso ai, não existimos, somos apenas pensamentos ativos dentro de um universo paralelo.

    edmilson monteiro disse:
    18 fevereiro, 2010 às 4:56 pm

    Dá pra ver, mas nada há de ficar sem uma resposta, pois tudo há de ter uma resposta, e mundo em que vivemos merece disso.

    jarbas de jessus alves junior disse:
    8 abril, 2010 às 5:36 pm

    gostei muito por uqe mimajudo a eu ganhar uma nota boa brigado mesmo

    jarbas de jessus alves junior disse:
    8 abril, 2010 às 5:37 pm

    gostei muito por que mim ajudo a eu ganhar uma nota boa brigado mesmo

    dhenefer disse:
    13 abril, 2010 às 7:35 am

    mossa mitologia grega e tudo tem cada mitos legais e parece que eu participo dos mitos quando leio.tchau bjs

    irineu disse:
    22 junho, 2010 às 11:06 am

    …e tb penso que nada teve começo e nada vai ter fim. Penso como esse texto e como Lavosier: NADA SE CRIA NADA SE PERDE, TUDO SE TRANSFORMA.

    jessica disse:
    22 outubro, 2010 às 3:26 pm

    gostei muito .
    me ajudou bastante!

    ... disse:
    20 novembro, 2010 às 11:47 pm

    O tempo é uma ilusão, 4,5 bilhões atrás ou para frente são a mesma coisa ,as mesmas moléculas, os mesmos átomos, so muda a forma , a estrutura. Um ciclo interminável, outro Big-Bang poderá ocorrer, daí a proxima existencia de seres humanos fará a mesma pergunta. Meu professor diz que é ignorancia pensar que somos os únicos seres no universo, agora vai de cada um… um microorganismo minúsculo pode ser considerado vida.

    ... disse:
    21 novembro, 2010 às 12:18 am

    Os cristãos tem curiosidade sobre Buddha, alguns não tem confiança no seu Deus, outros se decepcionaram com ele,quando você fala de buddha pra um, eles simplesmente acham você errado (quem diz que eles são o correto) o certo é que cada religião fique na sua, respeite o que outro acha, pois nenhuma religião pode dizer: vem pra minha, que a minha é que é a certa. Todas tem erros , o que cada uma faz é ajudar cada pessoa a redescobrir o caminho dentro de si mesmas.

    maria eduarda disse:
    31 março, 2011 às 6:39 pm

    “A Origem da Vida” é uma das grandes questões científicas da Humanidade e tem sido abordada pelos mais ilustres pensadores há milênios.
    Anaxágoras, precessor de Sócrates, advogava a favor da “Panspermia”.
    Aristóteles defendia a “Geração Espontânea”. Foi ele o formulador da primeira teoria científica de origem da vida, que conhecemos. De acordo com sua teoria, existiriam dois princípios: um passivo, que é a matéria e outro ativo, que é a forma. Dentro de certas condições esses dois princípios se combinariam, originando a “vida”. Assim se explicava como carne podre gerava larvas de moscas, por exemplo.

    A teoria da Geração Espontânea tem tido a preferência da ciência há mais de 2.000 anos. Durante a idade média, contou com inúmeros ilustres defensores, tais como Santo Agostinho, São Tomás de Aquino, René Descartes e Isaac Newton.
    Um dos primeiros opositores de destaque à “teoria oficial” da Geração Espontânea foi o médico e naturalista florentino Francesco Redi (1626-1698). Em resposta a Aristóteles, Redi demonstrou experimentalmente que só aparecem larvas de moscas na carne podre, quando deixamos moscas pousar nessa carne.

    taliso disse:
    25 janeiro, 2012 às 1:26 pm

    a origem do mundo que conheco foi a parti de adao e erva ! isso foi que aprendi

    carol disse:
    19 março, 2012 às 6:15 pm

    muito bom
    tava estudando para a prova de historia

    Andreziane disse:
    25 março, 2012 às 3:26 pm

    Nossa até que enfim encontrei um site falando sobre o que eu queria. Adorei muito saber sobre a teoria do Budismo sobre a origem do universo. Gostei pois Siddharta se preocupava mais com o espirito, a paz, e saber sobre a origem do mundo realmete nao é papel da religião, e sim conduzir o homem para seu crescimento espiritual!!! E para as pessoas que seguem outra religião e não o Budismo, é sempre bom respeitar a escolha de cada um, pois Buda nunca disse que nenhuma religião nem a ciência estava errada, ele apenas se calou para não da falsas teorias sobre a origem do mundo!!! :) adorei esse trabalho bjs.

    Luan disse:
    5 abril, 2012 às 4:04 pm

    Como é triste ver que as xícaras estão sempre cheias…
    A verdade não nasce,não morre e não se altera.
    Sou extremamente grato por ter renascido em um mundo onde esteve/está um Buddha que ensinou.
    Realmente algumas pessoas tem mais medo do remédio do que da doença.

    Eliane disse:
    9 abril, 2012 às 12:24 pm

    Luan, realmente, a Verdade permanece inalterável, que A percebamos ou não, assim como você também sou grata por ter renascido na era em que ainda existam Ensinamentos do Mestre -^- e tens razão ao afirmar que se tem mais medo do remedio do que da doença.

    amigo secreto disse:
    25 maio, 2012 às 4:03 pm

    a verdade é inesplicavel

    marcellyne disse:
    14 março, 2013 às 12:20 pm

    isso aqui e uma mentira deus criou os animais depois criou adão do pó da terra e fez a mulher porque viu que o homem estava se sentindo sozinho

    ticia gostozona disse:
    14 março, 2013 às 12:22 pm

    deus criou o primeiro ser vivo s2

    jonathan silva santiago disse:
    3 abril, 2013 às 12:08 pm

    Vou usar esse texto no meu trabalho de escola espero que de tudo verto e eu consiga tirar uma boa nota… pois estou precisando muito!!! intao boa sorte para mim , fui…

    Hudson de oliveira disse:
    14 abril, 2013 às 11:54 pm

    Muito certo o q ensina o budismo,pois eu também não acredito
    em um Deus criador como pregam as religiões baseadas no Judaísmo.todas as religiões baseadas no sistema judaico são pobres em conhecimento acreditando mais em um deus criador do q em si.

    NO QUE OS BUDISTAS ACREDITAM? | Buda Virtual.com disse:
    24 outubro, 2013 às 12:57 am

    […] Fonte: http://noqueosbuddhistasacreditam.wordpress.com/2006/11/20/a-origem-do-mundo/ […]

    NO QUE OS BUDISTAS ACREDITAM? - Buda Virtual.com.br disse:
    14 dezembro, 2013 às 2:18 am

    […] Fonte: http://noqueosbuddhistasacreditam.wordpress.com/2006/11/20/a-origem-do-mundo/ […]

    Cristielle disse:
    8 abril, 2014 às 10:37 pm

    Maravilhosa explicação … a filosofia budista é a mais inteligente forma de agregar a nossas vidas…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s